clica na imagem para ires à sede...

sábado, 23 de dezembro de 2017

Boas Festas


Alaiiii lobitos!

A Equipa de Animação da I secção vem desejar-vos um Santo Natal e um ótimo 2018 cheio de grandes e divertidas caçadas!

1G canhota natalícia,
Àquêlá, Balú, Baguera e Cá




sábado, 25 de novembro de 2017

projeto "Bárbara passo-a-passo"

Hoje foi dia de rua...

Carregámos um carro de tampas para o projeto "Bárbara passo-a-passo", limpámos o nosso jardim, aprendemos danças novas que os chefes aprenderam nas jornadas, jogámos ao lencinho e tentámos emitar o Balú, sem grande êxito
No final festejámos os anos da Cá com um bolo muito especial





"TRILHAR, SENTIR,SERVIR"

Na mochila de todos os que participaram na noite do covil seguiu uma das 20 árvores apadrinhadas pela nossa alcateia referentes ao Projeto da Quercus/CTT “Uma Árvore pela Floresta”
"No momento da compra foi-nos entregue um "kit ao comprador", composto por uma árvore, uma azinheira em cartão reciclado, e um código.
...
Esta “árvore” serve de lembrança e pode ser um presente. Já o código permite-lhe registar a árvore que a Quercus irá plantar até à Primavera de 2018, identificar a espécie, o local de plantação, e consultar a evolução do bosque onde foi instalada durante 5 anos, o que pode ser feito no site do projeto “Uma Árvore pela Floresta”.
As árvores serão depois plantadas em áreas classificadas do norte e centro de Portugal (Serra do Gerês, do Alvão, do Marão, de Montemuro, da Estrela e do Tejo Internacional).
Este ano a área de intervenção foi ainda alargada para incluir também Castanheira de Pera, um dos concelhos mais afetados pelos incêndios de Julho.
Entre as 28 espécies disponíveis, que fazem parte da flora original portuguesa, encontram-se o amieiro, medronheiro, bidoeiro, castanheiro, freixo, azevinho, loureiro, carvalho-negral e carvalho-alvarinho, o sobreiro, o lentisco ou o sabugueiro, entre outras.
O objetivo é promover a criação de bosques autóctones, os quais oferecem uma maior resistência à propagação dos incêndios e são os que mais amenizam o clima, promovem a biodiversidade e protegem a nossa paisagem, a água e os solos. Vai já na sua quarta edição e até ao momento foram plantadas perto de 11 mil árvores. "

sdmv


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Noite do Covil

Um fim de semana em cheio... a nossa "Noite do covil".

Nela aprendemos o que fazemos aqui na selva; conhecemos os objetivos dos pata-tenras; escolhemos os trilhos para este novo ano com os lobos valentes, cortês e amigos; vimos/dormimos a ver o "Filme da Selva".

Acordámos no sábado com muita energia/alegria ao som de bonitas canções escutistas e com a lenda de S Martinho contada pelas lobitas Golfinho Sorridente e Tagarela.
...
De seguida todos juntos realizámos o desafio de S Francisco de Assis proposto pela Junta Central do CNE:
- Re/Aprendemos a praticar boas ações
- Re/aprendemos a Lei e Máximas da Selva
- Aprendemos a história de S Francisco de Assis (que teremos de representar numa peça de teatro)
- Iniciámos a descodificação de um texto sobre S Francisco
- E conseguimos fazer muitos desafios de pistas e obstáculos para conseguir uma peça para o puzzle do desafio.








sábado, 4 de novembro de 2017

Reflorestar Portugal - Trilhar Sentir Servir


REFLORESTAÇÃO NACIONAL

Hoje foi dia da nossa alcateia ajudar a reflorestar "Portugal vitima dos incêndios" com a plantação de 20 carvalhos, indo desta forma ao encontro da floresta para a Vivenciar, Proteger e para Plantar Portugal, respeitando a biodiversidade e as espécies autóctones.







domingo, 15 de outubro de 2017

Alcateia 2017/2018

E ontem foi dia da nossa Alcateia dar a conhecer aos pata-tenras a história da selva, de fazer os bandos e escolher os cargos...
Uma tarde muito agradável no nosso CAE!